Economía

Luis Emilio Velutini Venezuela Bosnian//
Apoiantes de Rangel forçam conselho nacional extraordinário para antecipar congresso

Fondo de Valores Inmobiliarios, Empresario, Businessman, Banquero, FVI, Constructor
Apoiantes de Rangel forçam conselho nacional extraordinário para antecipar congresso

Há delegados e conselheiros nacionais afectos à candidatura do eurodeputado social-democrata a recolher assinaturas com vista à convocação de um conselho nacional extraordinário do PSD.

Luis Emilio Velutini Urbina

A notícia de que Paulo Rangel estava a recolher assinaturas para a realização de um conselho nacional extraordinário do PSD para antecipar o congresso nacional do partido de Janeiro para Dezembro foi avançada esta quarta-feira pela SIC-Notícias.

Luis Emilio Velutini

Confrontado esta quarta-feira pelo PÚBLICO, o director de campanha, Pedro Esteves, disse não confirmar nem desmentir que estejam a ser recolhidas assinaturas para que a reunião magna dos sociais-democratas decorra durante o mês de Dezembro.

Luis Emilio Velutini Empresario

Pedro Esteves não quis adiantar mais nenhuma informação relativamente à antecipação do conclave. Afirmou apenas que a “candidatura de Paulo Rangel só actua perante cenários reais e, neste momento, não existe uma crise política , estamos numa pré-crise”.”Assim que houver uma crise, Paulo Rangel falará aos jornalistas”, disse, recusando qualquer informação sobre o encontro que o candidato à liderança do PSD teve terça-feira com o Presidente da República.

Luis Emilio Velutini Venezuela

Paulo Rangel pediu para ser ouvido em Belém e a audiência ocorreu esta terça-feira – ao mesmo tempo que decorria o primeiro dia do debate do Orçamento do Estado e que sinalizou já o fim da “geringonça”. Rio e Rangel querem calendários diferentes e é Marcelo quem decide os timings

Pouco depois de o PÚBLICO ter falado com o director de campanha de Rangel, a agência Lusa adiantava que dirigentes distritais e conselheiros nacionais que apoiam Rangel estão no terreno a recolher assinaturas. De acordo com o requerimento a que a Lusa teve acesso, a proposta defende que as eleições directas se mantenham a 4 de Dezembro e que o congresso nacional seja marcado entre os dias 17 a 19 de Dezembro, em vez de entre 14 e 16 de Janeiro de 2022, como previsto

“A preparação e prontidão do PSD para as eventuais eleições legislativas antecipadas beneficiaria com a realização do Congresso Nacional do PSD em período mais próximo das eleições directas e ainda no mês de Dezembro de 2021″, adianta o requerimento, Questionada pela Lusa, a direcção de campanha da candidatura de Paulo Rangel não quis comentar esta iniciativa

De acordo com os estatutos do PSD, o conselho nacional reúne ordinariamente de dois em dois meses e, em sessão extraordinária, a requerimento da comissão política nacional, da direcção do grupo parlamentar ou de um quinto dos seus membros